As 12 Principais Distribuições Linux(a 1ª e a 9ª são as que eu uso)

Distribuições Linux

Para criar essa lista, eu não considerei apenas a quantidade de usuários dessas distribuições mas também o tempo de existência das distribuições, a evolução da distribuição ao longo do tempo, o histórico delas, a influencia que essas distribuições tem e também os diferenciais de cada uma dessas distribuições linux.

1 – Ubuntu

O Ubuntu é sem dúvida nenhuma, a distribuição linux mais usada e também a que maior influencia devido ao fato de ser uma das distribuições mais amigáveis e mais fáceis de instalar, usar e também de ser a distribuição mais fácil de se instalar programas e de se obter ajuda para resolver problemas.

Assista essa videoaula se você quer aprender mais sobre o Ubuntu Desktop.

2 – Mint

O Linux Mint é uma das distribuições Linux preferidas dos usuários iniciantes no Linux e também é considerada um das distribuições mais fáceis de usar.

O Linux Mint está em primeiro lugar de acordo com o ranking do Distrowatch(estar em primeiro no ranking do distrowatch não quer dizer que seja a distribuição mais usada) mas é possível que caia um pouco por causa da perda de credibilidade que a distribuição teve após a invasão do site e a troca das ISO’s da distribuição.

3 – Debian

Debian é uma das distribuições mais estáveis e muitas distribuições linux tem o Debian como base.

No Debian, cada pacote para por inúmeros testes até ser considerado estável.

Algumas pessoas que estão começando a usar podem considerar Debian uma distribuição complexa demais para iniciantes.

4 – Fedora

Apesar de não ser tão fácil de usar quanto as distribuições Ubuntu e Mint, é uma distribuição relativamente fácil de usar mas os iniciantes podem ter um pouco de dificuldade.

De qualquer forma é uma ótima distribuição e é patrocinada pela Red Hat.

5 – OpenSuse

Muito usado em servidores, seu gerenciador de pacotes é o Yast.

6 – Red Hat Enterprise Linux

É uma distribuição Linux comercial voltada para empresas e é muito usada em servidores e em datacenters.

7 – CentOS

É construída usando o mesmo código do Red Hat Enterprise Linux mas é gratuita, não possui os logotipos oficiais da Red Hat e também não possui suporte da empresa.

Fora isso, o sistema é identico ao Red Hat Enterprise Linux.

8 – Slackware

Criada em 1993 por Patrick Volkerding, Slackware é a mais antiga distribuição Linux ainda em atividade.

O Foco dessa distribuição é simplicidade e estabilidade.

Seu objetivo é manterse fiel ao padrão UNIX.

9 – Arch Linux

É uma distribuição do tipo rolling release, minimalista e otimizada para processador i686.

O seu gerenciador de pacotes é o Pacman.

É uma distribuição difícil de ser instalada por usuários iniciantes ou intermediários,

10 – Gentoo

O principal diferencial dessa distribuição é o fato de os seus pacotes não serem pré-compilados, todos os pacotes são compilados para o hardware do sistema, obtendo assim maior velocidade do que seria possível em outras distribuições.

É uma distribuição voltada apenas para usuários avançados.

11 – Mageia

Ocupando o lugar que seria da Mandriva, Mageia é uma distribuição Linux francesa criada por ex colaboradores da Mandriva que criaram uma Organização sem fins lucrativos após uma série de demissões que ocorreram antes da falência da empresa.

12 – Backtrack / Kali Linux

O Kali é a distribuição mais usada entre as distribuições Linux voltadas para testes de penetração e para analisar a segurança de sistemas e redes de computadores.

Para aprender como fazer Pentest usando o Kali Linux, conheça esse curso online.

Fontes: distrowatch.com

 

  • AnumPreto

    Fedora é só alegria. Pior é usar Debian ou derivados.

    • Fernando de Sousa

      No início de 2017 eu fiz um estágio de 15 dias com Fedora em módulo de produção ma minha máquina, não achei difícil a curva de aprendizado, o problema é que os repositórios estranhamento não estava mais atualizando e não encontrei apoio na comunidade para dirimir dúvidas e resolver o problema, então retornei ao Linux Mint onde me senti mais seguro em relação à essas coisas. Mas no futuro quem sabe, eu venha à migrar para o Fedora em definitivo. Força e Honra!

  • Hybeki Hyuga

    EU uso Ubuntu, mas vou trocar para o Mint … Boa escolha? ou continuo com o Ubuntu?

    • Fernando Junior

      Eu experimentaria o mint, é bem legal de se usar; mas “particularmente” prefiro o Ubuntu Mate.

    • Marcio Baisi

      Ótima escolha,, Vai por mim. Eu uso já faz muito tempo..

  • Fernando Junior

    Eu usei por tempos o Debian e ubuntu¹ e atualmente eu estava usando o manjaro² que é muito fácil e divertido ao mesmo tempo, mas o manjaro apresentou algumas chatices de se resolver, então estou voltando ao velho e bom Debian (o Sr. estabilidade).
    Boa matéria!

    • Cássio Augusto

      Eu também já usei Debian por muito tempo, atualmente eu to usando ubuntu

    • Fernando de Sousa

      Usei Ubuntu no começo, mas a interface e algumas outras coisas me fizeram mudar para o Linux Mint, Debian eu uso apenas para servidores, com administração via SSH, Cockpit ou Webmin.

  • Vagner Tudini Rodrigues

    Não sou tão iniciante assim no mundo open, por uns dois anos usei o Ubuntu no meu notebook, porém depois de uns entraves, retornei ao Windows e agora no meu Dell uso em dual boot Windows 10 e Fedora Cinnamon 26. Sinceramente? Fedora é o melhor, muito fácil de usar, muito estável, raramente você irá telas de bugs, difícil de mexer? Não achei não, ainda mais pelo gerenciador de pacotes “dnf” é tudo mais simples que no Ubuntu e no Mint. Testei o Mint uma vez, gostei e não gostei, apareceu muitos bugs, muitas telas de parada, parecia que usava o Windows do que um Linux. Hoje como eu disse, utilizo o Fedora em dual boot com Windows, até agora, show de bola. Fedora Cinnamon 26 é show. https://uploads.disquscdn.com/images/adc3e86ea70d18d4919020748b5280ec3240b351283a305905433a53fd6bad71.jpg

    • Cássio Augusto

      No momento eu estou usando Ubuntu mas to pensando em mudar pro Fedora.

  • I.N.T.I Tecnologia e soluções

    Eu como veterano que sou.. fico passeando pelo velho slackware com sua interface KDE .

  • Fabricio

    Todas as distribuições do linux são instáveis, uma verdadeira em chorrada de bugs. Nem de longe se compara a estabilidade e tecnologia do windows.

    • Emerson Goulart

      coitado de voce, instalar o W10 ai spring update e volta aqui pra bostejar pela boca. Alias poderia dizer o que é “em chorrada”?

    • Harison Natan

      uma coisa é você gostar mais do windows do que do linux, agora você dizer que linux é cheio de bugs e dizer que windows não tem, já é um pouco mentira.
      tipo, tudo bem que linux tem sim seus bugs, mais isso não que dizer que o windows não, afinal eu me lembro de tentar jogar cs 1.6 e ele travar quase todas as vezes e eu ser obrigado reiniciar o pc, ou então, aquelas “telas azuis da morte”

      • Fabricio

        O linux é bom… mas como sistema operacional (principal) o windows se porta melhor. Essa é a razão do windows esta presente em 95% dos computadores e notebooks, hoje em dia.

        • Leonardo Teodoro

          na verdade o Windows está em “95%” dos computadores por causa da IBM , não é porque o Windows é bom não…

          • Fabricio

            O linux não faz nem 5% do que o Windows faz. Mas para servidores e controles de acessos, acho que o linux é superior 100% comparado ao Windows.

    • Weigle Correia

      Fato…
      Na verdade, o que eu senti falta no linux foi o MSOFFICE!

      E para instalar qualquer coisinha eu precisava ler um tutorial… hahahaha

      • Marcio Baisi

        Usa o LibreOffice..

        • http://www.microbytes.com.br/ Jürgen Weichert

          USE O WINETRICKS PRO OFFICE2007

      • http://www.microbytes.com.br/ Jürgen Weichert

        PODE USAR O WINETRICKS PRO OFFICE2007

    • Leandro Ramos

      Sempre vejo alguém falar isso em posts sobre distribuições Linux. E sempre me pergunto: “o que é Windows?”

    • Marcio Baisi

      Cara, tu fala merda mesmo hein ? O WIndows não tem bugs, o Linux é que tá cheio.. Meu Deus…

      • Fabricio

        E ai Marcio Baisi, tudo bem? Nem todos os linux… o linux mint 18 que você usa por exemplo; instalei ele em varias maquinas, e ele é bem estável.

      • Marcio Baisi

        Entendi, isso é verdade, mas dizer que o WIndows é estável, aí não dá, principalmente o 10.. Meu Deus.. tô fora.. Roda essa bomba em um I5 com 4 GB de RAM.. (carroça).. Eu uso o Mint faz tempo.. Show de bola.. Além de ser rápido, não trava nem a pau !!

  • http://edivansanttos.com.br/ Edivan Santtos

    Me assusta o Manjaro não está na lista.

    • Keviny Oliveira

      O Manjaro é bom e fácil, eu uso o ARCH, mas admiro bastante o Manjaro pelo simples fato de vir com o AUR fácil para ativar com um clique (isso quando realmente necessita dele)

  • pleiadess

    Não sei se foi só comigo, mas achei o Linux Mint muito bugado. As vezes o relogio e alguns ícones da area de trabalho sumiam ou mudavam de posição e até a barra de tarefas também. Vou mudar para o Ubuntu novamente.

  • Darley Vieira Lages

    Eu uso tanto Windows quanto Linux e tenho os dois instalados no meu PC. E faz tempo! Quando comecei a me envolver com computadores ainda não existiam os pessoais. Só algumas grandes empresas podiam ter um computador. Eram os Univacs, os IBM/370, Burroughs 2600 e Bull. Os computadores pessoais não nasceram com os PCs. Existiram muitos outros (Sinclair, Radioschak, Aple, HP, Commodore, CP500 etc…) antes da IBM criar o PC, todos de oito bits. O PC já surgiu com 16 bits. Eu sempre vi os computadores como uma extraordinária ferramenta, que me permitia fazer coisas impossíveis sem eles. Quanto aos dois sistemas nos anos atuais, ambos são muito bons, mas nenhum e perfeito. O Windows tem uma estrutura muito mais lógica. Já o Linux não segue uma lógica linear. Sua árvore de diretórios é confusa. Mas o Linux é muito mais estável do que o Windows e é mais fácil de reparar caso sofra algum dano. O Windows gera muito lixo e se corrompe ao longo do tempo, exigindo manutenção constante, mas para uso prático dispõe de muito mais programas que o Linux, só que a um custo considerável.
    Atualmente, para uso prático, existem programas para o Linux que são tão bons e alguns até melhores, do que os similares caros do Windows. Cito alguns: Blender, Gimp, Kicad, Freecad, Sigil, Inkscape e o LibreOffice. Só que todos eles também existem em versões free para Windows e que funcionam muito bem. A supremacia do Windows provém de que há muitos programas que não podem ser gratuitos, pelo seu alto custo de desenvolvimento. São produzidos por empresas que precisam do lucro para existirem. Exemplos: Corel Draw (um padrão na indústria gráfica), SolidWorks (imbatível e caríssimo), 3DCadmax e a imensa maioria dos grandes jogos. Se a comunidade linuxer admitisse que há programas que NÃO PODEM ser gratuitos, então eles existiriam também em versões Linux.
    Quanto às diferenças entre as várias distros Linux, todas apresentam vantagens e desvantagens entre si. Todas as citadas são ótimas. Já passei pela maioria delas. Mas esqueceram a melhor de todas elas. Falo do Linux Metamorphose Tiger, superior inclusive a sua versão posterior, a Phanter. Estou falando do ponto de vista de quem usa o computador como ferramenta, e não como um fim em si mesmo. Ele é cria do brasileiro Ailton, que fez tudo sozinho e enfrenta enormes dificuldades financeiras para continuar o projeto. Dizem que santo de casa não faz milagres, mas este fez!. Que tal se fosse apoiado pelos brasileiros que têm condições para isso. Em tempo: nunca falei com o Ailton, não o conheço pessoalmente.