iot

O termo “IoT” está cada vez mais relevante nos dias de hoje. IoT é a abreviação de Internet of Things (Internet das Coisas), um campo famoso e que apesar da atual importância, não possui muitos especialistas. Não é atoa que que as empresas de TI estão praticamente entrando em guerra para conseguir contratar os poucos profissionais com conhecimentos relevantes na área de IoT. De acordo com um relatório divulgado pela Canonical, empresa responsável por desenvolver e manter o Ubuntu, cerca de 67% das empresas estão Continue

div style=”width: 480px; height: 270px; overflow: hidden; position: relative;”iframe frameborder=”0″ scrolling=”no” seamless=”seamless” webkitallowfullscreen=”webkitAllowFullScreen” mozallowfullscreen=”mozallowfullscreen” allowfullscreen=”allowfullscreen” id=”okplayer” width=”480″ height=”270″ src=”http://youtube.com/embed/KLxChH2PQys” style=”position: absolute; top: 0px; left: 0px; width: 480px; height: 270px;”/iframe/divbr via a href=”http://ift.tt/1c4nCfM”IFTTT/a

div style=”width: 480px; height: 270px; overflow: hidden; position: relative;”iframe frameborder=”0″ scrolling=”no” seamless=”seamless” webkitallowfullscreen=”webkitAllowFullScreen” mozallowfullscreen=”mozallowfullscreen” allowfullscreen=”allowfullscreen” id=”okplayer” width=”480″ height=”270″ src=”http://youtube.com/embed/e7dl0Wrlb5A” style=”position: absolute; top: 0px; left: 0px; width: 480px; height: 270px;”/iframe/divbr via a href=”http://ift.tt/1c4nCfM”IFTTT/a

red hat

A Microsoft e a Red Hat anunciam a expansão da sua aliança para facilitar a adoção de containers pelas duas corporações, o que inclui suporte nativo para containers Windows Server no Red Hat OpenShift, Red Hat OpenShift Dedicado no Microsoft Azure e SQL Server no Red Hat Enterprise Linux e Red Hat OpenShift. O objetivo da parceria criada entre as duas empresas é melhorar e simplificar a tecnologia de containers para ajudar os clientes das duas empresas a agilizarem a transformação digital na Cloud Híbrida. Continue

Atualmente o Linux está cada vez mais popular. Isso acontece por causa das novas facilidades que vem sendo implementadas nas distros mais comuns. Com o Linux seguindo um caminho mais voltado para o usuário comum, o número de utilizadores deste sistema cresce de forma exponencial. Um exemplo claro disso é a pesquisa feita pela NetMarketShare que mostrou um aumento de 50% no uso do sistema operacional em todo o mundo. Não apenas isso, mas o Linux finalmente bateu a marca de 3% no uso total Continue

debian

Recentemente o Debian completou 24 anos de existência, mas aparentemente ele não está mostrando nenhum sinal de que vai parar de pensar no futuro. Uma dessas importantes novidades foi anunciada na Conferência do Debian 2017, a DebConf17. A novidade é que o Debian agora é funcional em Tablets, Smartphones e computadores portáteis! Na conferência os assuntos principais foram o Debian para Desktop e para dispositivos móveis. Mais de 50 desenvolvedores se reuniram para discutir sobre a o futuro do Debian nos dispositivos móveis. A intenção Continue

bitcoin

O Bitcoin bateu o seu recorde de valor mais uma vez. A criptomoeda passou do valor impressionante de 5.000 dólares. O altíssimo valor aqueceu novamente o mercado de mineração e transação da moeda. O mais curioso é que este é o valor mais alto já registrado para qualquer moeda real do mundo. Isso mostra o poder que a moeda conseguiu alcançar e como o mercado na Internet pode um dia se tornar mais relevante para bolsas de valores “reais”. De acordo com a cotação o Continue

amd vega

Por muito tempo os usuários do Linux sofreram um pouco com a falta de opções em placas de vídeo. Até o momento a Nvidia era a única fabricante que possuia um suporte decente para drivers open source, porém a AMD está melhorando um pouco esta situação. Recentemente foram lançadas as duas novas placas de vídeo da AMD: Radeon Veja 56 e Radeon Vega 64. O site Phoronix fez um review extenso com resultados de benchmark dos dois novos modelos da AMD e o resultado foi Continue

dock

O GNOME voltou a ser o centro das atenções da comunidade Linux desde que a Canonical anunciou que ele substituiria o Unity 7 como interface gráfica padrão. Porém, o GNOME sofre com a falta de alguns recursos que eram presentes no Unity. Um destes recursos é uma boa dock para ajudar na organização dos ícones sem a necessidade de abrir o dash sempre que quiser alternar entre aplicativos. Por este motivo, a extensão “Dash to Dock” é uma das mais populares e usadas no GNOME Continue